Faça como uma garota


E aí pessoal, tudo em cima? 

Pra não rolarem as dúvidas nos coments, aqui quem fala escreve é a Rê! ;D

Então, já faz um tempo que me apaixonei por uma propaganda da Always, a #LikeAGirl. 

Aí - se você for um alien que não morre de amores por todas as propagandas de Natal da Coca-Cola - você me pergunta 'Como assim se apaixonou por uma propaganda?'. 

Pois é, me processem. Mas assista aí embaixo antes de me julgar - pode ativar a legenda que tá bem boazinha! 


Eu sei, muito boa. Pode concordar comigo agora. =P

Falando sério - vamos ver se eu consigo! - eu não me encaixaria na linha feminazi feminista - é, não consigo... - e, apesar de "como uma garota" não ser um termo tão comum aqui no Brasil, eu fiquei tocada com o vídeo.

Todas as garotas que, como eu, já gritaram um 'próxima!' quando os primos jogavam Street Fighter depois do almoço de domingo e receberam como resposta 'mas você é menina!' têm o direito de se emocionar um pouquinho com esse vídeo. 

A cultura do 'sexo frágil' não se aplica à nossa geração, não sei como é que tem gente que não entendeu isso ainda. Já está tão claro em todo lugar que não é sobre isso que quero falar hoje.

Todas nós podemos fazer tudo que os homens fazem. Todas Várias coisas melhores, até. Juro.  =P

Mas. Sempre tem um mas. E eu trago uma causa pouco explorada agora...

Isso não significa que só nós podemos estar em pé de igualdade com os homens. Que diabos, porque é que eles não podem ser um pouquinho mais parecidos com a gente também?

Eu adoraria ver um homem chorar assistindo um filme e não sentir vergonha disso.

Adoraria dar flores de presente num primeiro encontro. 

Por que não? 

Quem foi que disse que não pode? 

Olha, eu não sou muito poética - faço mais o tipo engraçadona! =P - então faço minhas as palavras da minha adorada Martha Medeiros, no livro Non-Stop:

“... as feministas mais ortodoxas devem estar bufando.

Tanta coisa pra se exigir de um homem: mais espaço na política, mais ajuda em casa, salários iguais e nada de gracinhas no escritório, e vem essa daí clamar por palavras!


Pois essa daqui acha tão interessante a idéia de igualdade entre os sexos que adoraria vê-los soltar o verbo como nós fazemos, expressar os sentimentos sem medo de ser piegas, afirmar e reafirmar diariamente como a gente é importante para eles e que saudades estavam do perfume dos nossos cabelos.

Clichê em último grau, reconheço, mas quem quer ser moderna nessa hora? Tudo o que se reivindica é o desbloqueio emocional masculino...”

Agora me faça um favor. Leia o título desse post de novo. ;)


  

68 comentários

  1. Hehehe A-D-O-R-E-I

    Muito bacana o seu post, sério.

    Beijos
    albumdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Já tinha visto o vídeo e me emocionei,somos todos iguais e também gostaria de ver um homem chorando em um filme triste e não sentir vergonha disso,e gostaria de ver uma mulher dar flores a seu namorado.
    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, depois desse post estou decidida a dar flores para o meu namorado na próxima data especial!

      Beijos!

      Excluir
  3. Oiiiiii rê! Espero estar na conta certa, que não sei mexer nesse pc windows 8 do dani! hunf
    adorei o post, a frase se encaaaaixou perfeitamente, com o contexto!
    sabe o pior? é que me deixavam jogar videogame de boa... mas se era jogo de campanha... bom dai eu não podia salvar, porque era menina e podia fazer besteira!
    assino embaixo de tuddo isso, queria ver a cara do dani se fosse entregar flores para ele! PROMETO, que se fizer uma dessas... tiro foto e mando pro grupo!
    adorei o post! MESMO!

    um beeijo lara!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Larinha! Acertou a conta, aê! =P

      Sabe que eu nem tinha planejado? Lembrei da frase enquanto escrevia... Hhahahaha, não pode salvar é sacanagem!
      Por favor, se for dar flores para o Daniel FILME!!

      Brigada. Beijo! ^^

      Excluir
  4. Gente amei sua postagem. Que palavras maravilhosas. E o vídeo? Me tocou.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que curtiu, Sil. Muito obrigada. ^^

      Excluir
  5. Hahaha, que post fofura, adorei!
    Jogar videogame é tudo de bom, cara! XD
    Igualdade entre os sexos, é isso aí! =D
    Arrasou no fnal com o texto da Martha, haha
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Carol! Eu também adoooro jogar!
      A Martha que arrasa, sempre!

      Beijos!

      Excluir
  6. Já tinha visto essa propaganda antes e também achei bem original. :) com certeza igualdade sem machismos de uma parte e feminismos demais da outra parte, não seria má idéia.

    thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal a propaganda, né?
      Acho que essa ideia tem futuro.

      Beijos!

      Excluir
  7. Gostei bastante do post, achei super legal.
    Obrigada pela visita no meu blog, bjs e bom domingo.
    Sckittyworld.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Gostei do post Rê. Acredita que eu ainda não tinha visto esse vídeo? Nem preciso falar que amei, né? Independente das críticas que nos fizerem, o importante é sempre, sempre mesmo, acima de tudo, manter a nossa essência. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Vanessa! Acredito, eu nunca vejo as propagandas também, dei sorte de parar pra ver essa! =P

      Isso aí! Beijo. ^^

      Excluir
  9. Não conhecia essa propaganda da Always mas me apaixonei, é realmente um vídeo muito bonito e muito reflexivo. Desde quando ser uma garota é algo ruim e inferior??
    Também nunca fui do tipo feminista mas sempre estava na primeira fila por Street Fighter e por Call of Duty HUSAHSAHU
    Adorei o post e adorei esse trecho da Martha, beijoos,
    http://setimaondaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Mandy. E a gente tá tão acostumada com essas coisinhas que nem repara mais que não é legal.
      Hahahhahaa, eu sou FERA no Street Fighter!
      Muito obrigada mesmo.

      Beijos!

      Excluir
  10. Eu adorei essa campanha, parabéns pra quem criou. Antes de assistir nunca tinha parado pra pensar nisso de fazer algo como uma garota!
    Beijos,

    Amanda
    Divã Literário
    Acompanhe o blog nas redes sociais:
    FACEBOOK|TWITTER|INSTAGRAM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem eu, Amanda! É impressionante como a gente se acostuma com as coisas e nem percebe o verdadeiro sentido...

      Beijos!

      Excluir
  11. Show, gostei muito do post e do vídeo! Concordo com você de que os homens precisam entender que chorar, em público ou perto de uma mulher, por exemplo, não tem nada para se envergonhar. E eu também gostaria de dar flores a um homem, e para lhe dizer a verdade, se eu sentir vontade alguma vez na minha vida de dar uma flor a um homem, eu darei. O preconceito está em nós também e podemos quebrar isto! Bjo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou. Também acho super válido e quando surgir uma oportunidade legal também farei!

      Beijos!

      Excluir
  12. Ameii a campanha !
    Já havia visto a campanha , e achei mega legal <3
    Beijinhos :3
    http://creativitymakeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ameeeei também! Até fiz um post sobre! Hahhahaha, brincadeira! =P

      Beijos!

      Excluir
  13. A-mei!
    Não só a campanha que é incrível, mas cada palavra sua!
    Acho que somos muito preconceituosos e como se não bastasse tudo que já temos no mundo, vivemos criando barreiras, separando as pessoas e classificando-as, seja por qual característica for...
    Let´s do it " like a girl"... do it all" like a girl" We are girls!!!!
    Beijos
    Chrys Audi
    Blog Todas as coisas do meu mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Chrys! Muito obrigada! ^^
      Exatamente!

      Beijos!

      Excluir
  14. Uhul! Muito legal sua postagem, Rê!

    E super apoio. Também acho que ta na hora de as mulheres pararem de tentar se igualar aos homens em todos os aspectos. E apesar de achar que vem vindo uma nova geração de homens que (penso eu) está mais aberta a demonstrar seus sentimentos (justamente porque as mulheres quiseram tanto se igualar aos homens que conseguiram se tornar todas duronas!), ainda existem muitos homens precisando ver esse vídeo e ler essa postagem!

    Beijoo
    Lu
    http://sem-spoiler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uhul! Brigadaaa! ^^

      Realmente, essa geração está mais aberta a compreender as igualdades e limitações sem extremismos, vamos torcer pra que esse seja um caminho sem volta!

      Beijo!

      Excluir
  15. Oi Flor!
    Esse vídeo é incrível! Mostra como somos preconceituosos nos nosso comentários!
    Uma grande lição!
    Um grande Beijo!
    Paulinha Juliana
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2014/08/resenha-sentimento-fatal-janethe-fontes.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paula! Verdade, e muitas vezes sem nem perceber...

      Beijos!

      Excluir
  16. Oii Rê!!

    Eu adorei essas propaganda e sim concordo contigo!!!
    Eu tbm não me encaixo na linha feminista e tals. Sim, meus irmão sempre me disseram não para o jogo HSUHAUSHA... Mas concordo com a Martha, meu namorado já fez até um texto sobre isso... E se não me engano a Tati do Acidez Feminina tbm. Meu namorado sempre chora quando assistimos filmes de romance ou algo assim, até que pra mudar isso só estamos assistindo Marvel HAHAHA.
    Mas não vejo problema nisso... Gostei do seu post e fico muito feliz em compartilhar sua opinião.

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ana!
      Hahhaha, a gente tá na mesma então! Olha, o meu namorado não chora vendo filme... Mas, em defesa dele, nunca chora em coisa nenhuma. =P
      Que bom que gostou e também fico feliz de ter recebido tanto apoio.

      Beijos!

      Excluir
  17. Eu vi esse vídeo na capricho e simplesmente amei !! É mt verdadeiro o que eles passam p gente né ?

    Aliás, amei o seu blog viu ? Super cheio de conteúdo e mega fofo. Parabéns <3 Você escreve super bem e é uma linda haha. Já estou seguindo aqui, vou voltar mais vezes com certeza :)
    Parabéns novamente guria :))

    http://www.1001julietas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é bem verdadeiro, chega a ser emocionante.

      Que bom que você gostou, querida! Eu e a Larinha adoramos o seu comentário também! Volte sempre, por favor.

      Beijos!

      Excluir
  18. oi, adorei o post. Realmente, nossa sociedade ainda é muito machista e sexista, e uma forma de combater isso sempre foi a mulher tentar entra "no mundo dos homens". Eu também gostaria de ver o caminho inverso, e já tive provas de que isso é possível, em especial com muitos famílias mais novas atualmente, na qual não a distinção entre tarefa de pai e mãe. Os dois trocam fraldas, dão banhos, cozinham, cuidam da casa, e sem aquela de 'O homem está ajudando'. Acho isso muito legal

    beijos
    meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse tipo de convívio familiar é um sonho meu, também acho super legal!

      Que bom que gostou. Beijos!

      Excluir
  19. Também acho que a mulher deve sim fazer tudo o que um homem pode!
    Mas, ao mesmo tempo, gostaria de ver o homem sentindo culpa por deixar os filhos em casa enquanto trabalha o dia inteiro e não dar tanta atenção... como muitas mães sentem...
    Bjs, LU
    http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Lu... Fazer como uma mulher, né? Beijos!

      Excluir
  20. Gostei bastante do video. Também não gosto quando falam "como uma mulherzinha", etc. Estamos bem longe de sermos o sexo frágil.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beeem longe mesmo! Que bom que gostou, beijos!

      Excluir
  21. Oi Rê, tudo bom?
    Ainda não tinha visto a propaganda, mas adorei o conceito.
    Fiquei encantada com a mensagem que eles querem passar..
    Com certeza merece destaque.. É o melhor comercial de absorventes que já vi. Pelo simples fato de que eles não estão vendendo o produto, estão vendendo uma ideia, uma causa... É incrível mesmo.
    As palavras da Martha Medeiros com certeza se encaixaram muito bem nesse contexto. Parabéns, viu?
    Beijo grande.

    Thati;
    http://nemteconto.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thati, tudo ótimo! :)
      Realmente, um excelente comercial de absorventes.
      Martha sendo a cereja do bolo como só ela consegue, né?

      Beijos!

      Excluir
  22. É tão legal ver post assim, é ótimo as pessoas repassarem esse tipo de menssagem. Beijos

    www.brendacaroline.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Brenda. Beijos!

      Excluir
  23. Oie Rê =)

    Eu sou apaixonada por propagandas que conseguem emocionar, e olha que hoje em dia anda cada vez mais difícil isso acontecer.

    Eu já tinha visto esse eu achei fantástico! Adorei o post *-*

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Ane. :)
      Está cada vez mais difícil encontrar essas propagandas excelentes, mas quando elas aparecem são incríveis mesmo!
      Obrigada, beijos!

      Excluir
  24. Gostei da propaganda e da iniciativa que tiveram, pois garotas não são fracas, são fortes e tem que suportar muita coisas.
    Eu adoro ver propagandas boas,que emocionam e também engraçada.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, tanto a iniciativa quanto a propaganda são incríveis. Beijo!

      Excluir
  25. Que legal, adorei LAKDHAKSJDHASD
    Beeijos
    http://cookierobsten.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Adorei o texto!
    E essa propaganda da Always ficou otima!

    Bjs
    www.garotadebotas.com

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bem?
    Gostei do vídeo e do que publicou aqui.
    Hoje em dia não tem mais "coisa de homem" e "coisa de mulher", o pessoal precisa ter a noção disso. Paradigmas foram quebrados, conquistas foram feitas.


    BIO-LIVROS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo ótimo, Dani!
      Adorei o seu resumo do conceito nessa frase também. Beijos!

      Excluir
  28. heheu, amo propagandas, ainda mais as da coca-cola de natal!! heuheu
    Gostei da propaganda da always, nunca tinha visto!!
    http://myheartsastereo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não são incríveis? As propagandas de Natal da Coca são responsáveis por boa parte da magia pra mim! Beijos!

      Excluir
  29. Já tínhamos visto essa propaganda, realmente é muito boa, mas somos muito capazes de realizar o que quisermos é só acreditarmos.

    Beijos

    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, meninas. Que bom que gostaram. Beijos!

      Excluir
  30. Adorei o texto e concordo com cada palavra, inclusive você me fez refletir muito, há.
    Adorei <3.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, Inês, era exatamente esse o plano. Beijos!

      Excluir
  31. Oi, Rê!
    Que propaganda incrível! Amei! *-*
    Sempre andei no meio dos meninos e sempre me diziam que eu era um menino também. Por andar tanto no meio dos garotos, eu já até escutei: Dani, me dá sua opinião masculina sobre uma coisa. E eu já respondi: Tá, mas você sabe que eu sou menina, né?
    Eu sempre me senti mais a vontade com as "coisas de meninos" e muitas delas eu faço melhor do que muitos deles. Eu faço as "coisas de menino" como uma menina e faço isso muito bem, obrigada! Não preciso de ninguém me dizendo: Dani, você tem que ser mais menina. Sempre brinquei dizendo que eu era menino e pronto, mas o que eu sempre quis dizer é que eu posso fazer o que eu quiser independente do meu sexo, eu posso e eu faço.
    Amei muito o seu texto e super me identifiquei. ^^
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima, né? *-*
      Eu sempre tive muita facilidade em fazer amizade com meninos também. Adorei também tudo que você disse e acho válido você também fazer um post sobre! Beijos!

      Excluir
  32. O problema das feminazis (e não as feministas de verdade) é que elas distorceram o que o feminismo prega: igualdade de condições e liberdade para agir.
    Nada deveria impedir um homem de chorar em um filme, ou uma mulher de dar flores de presente. Aliás uma coisa que eu ADORARIA seria que as mulheres convidassem os homens para sair.
    Os sexos são sim diferentes, mas isso não quer dizer que devamos nos encaixar no rótulo que nos é imposto, ou mesmo tentar nos adequar a um dos únicos dois rótulos existentes. Penso que no final das contas, o certo é fazer o que nos deixa feliz, e o que mostra o que realmente somos e pensamos.

    Beijos e parabéns pelo post, adorei!
    Thiago (que sempre adora as propagandas da coca-cola) - Blog GentleGeek

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, irmão! O cenário mais incrível de todos, pra mim, é um em que não existem rótulos ou caixinhas pra encaixar tudo e todos... Imagina que perfeito.
      Que bom gostou, obrigada pelo comentário! Beijos, Rê (que quase que só gosta do Natal por causa da Coca).

      Excluir
  33. ADOREI seu texto, Lara! Embora pense que não é do tipo poeta, expressou-se de um jeito bem sensível sobre o assunto. Eu não me considero feminista. Simplesmente prezo pelos direitos humanos e por uma igualdade que atenda as diferenças. O que isso quer dizer? Há pouco tempo li uma reportagem de uma fuzileira nos EUA que disse: "CHEGA DE IGUALDADE!". A verdade é que não existe maior justiça do que oferecer a cada um o que os seus limites precisam. A mulher é mais frágil sim em muitas circunstâncias. No caso dessa fuzileira, ela perdeu até mesmo a capacidade de gerar filhos porque seu organismo foi sobrecarregado com os mesmos treinamentos bárbaros e as mesmas obrigações exigidas aos homens. Aqui está a reportagem: http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/chega-de-igualdade-mulher-nao-da-para-ser-soldado-diz-capita-dos-marines-dos-eua/
    Eu acho que vale mais rir de comentários do tipo: "mas você é mulher", e com humor mostrar do que somos capazes do que levar isso tão a sério ao ponto de perder a nossa principal habilidade (que muitos homens não têm): dialogar.
    Adorei, flor!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fran! Que bom que gostou, só que esse não foi da Lara, aqui quem tecla é a Rê! Muito interessante esse ponto de vista também, vale a pena refazer uma reflexão sobre o assunto... Beijos!

      Excluir
  34. Oiee ^^
    Ai que demais! Ainda não tinha visto esse video! Eu me tornei feminista ano passado, e sempre ouço "uau, você faz não sei o que como uma garota", "pare de agir como uma garota", e muitas pessoas levam frases assim como insultos, mas deveria ser um elogio, pois nós não somos o sexo frágil, por mais que muitos digam isso. Ser mulher não é fácil.
    Adorei o post ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Exatamente, Dryh! E fico feliz que uma feminista tenha gostado do texto. Beijos!

      Excluir

Olá! Obrigada por dar uma passadinha por aqui, sua opinião e seu comentário são muito importantes para mim. Se você deixar um comentário construtivo pode ter certeza que retribuirei, mas se vier com apenas com um "estou seguindo" desista ok?! Um beeijo Lara e Rê! :)